RAPSÓDIA BATMAN

 

 

 

 

 

28 Out a 8 Nov '14

Teatro da Politécnica

Perguntaste o que se passa na cidade

A cidade é tipo o metro

E as pessoas estão-se tipo a matar

Por tudo e por nada por não aguentar

Mas também porque as estão a obrigar

 

Rapsódia Batman, João Pedro Mamede

 

Com André Pardal, Catarina Rôlo Salgueiro, Isabel Costa, João Pedro Mamede, Marco Mendonça, Maria Jorge, Mia Tomé, Nuno Gonçalo Rodrigues, Rafael Gomes e os músicos Bruno Mimoso e Daniel Carvalho Texto e encenação João Pedro Mamede Música Daniel Carvalho Direcção Vocal Ana Amaral Cenografia e Figurinos Ângela Rocha com a colaboração de Lydia Neto e Xavier Ovídio Movimento Gonçalo Quirino Luz Francis Seleck Operação Tiago Antunes Assistência de Encenação e Produção Executiva Nuno Gonçalo Rodrigues Comunicação Isabel Costa Design Ivo Passos Co-Produção Artistas Unidos M16

 

 

Podemos dizer que esta rapsódia é o percurso de alguém até aos limites da sua cidade e depois para fora dela. Essa é a distância percorrida entre o Esperámos por ti e o Agora estás por tua conta. Ou seja, alguém sai à rua sozinho e escolhe apenas ouvir.  E aquilo que descobre é ilógico e negro, porque as pessoas não falam. Mas também não se calam. E a rima só é fácil porque as palavras são más. E para as combater chamámos o Batman. E como ele não vem, alguém o substitui.

 

 

 

 

Fotografia © Alípio Padilha